Carregando...

Quanto custa trocar o óleo do carro?

Assegurar a regularidade na troca de óleo do motor é essencial para promover um desempenho estável e prolongar a vida útil do seu veículo. Este líquido é crucial, pois atua na lubrificação das partes internas do motor, minimizando o atrito e, assim, mitigando o desgaste dos componentes.

A troca regular do óleo protege o motor e gera economia, isso porque quando bem lubrificado, o motor trabalha com mais eficiência, o que pode resultar em menor consumo de combustível. 

Entender os detalhes de como e quando trocar o óleo é essencial. Continue a leitura para ficar por dentro de mais informações que podem te ajudar a entender o porquê a troca de olho é importante.

O que é a troca de óleo?

Quanto custa trocar o óleo do carro - Fonte: Reprodução
Quanto custa trocar o óleo do carro – Fonte: Reprodução

A troca de óleo é um serviço de manutenção essencial para a saúde do seu carro. Esse processo é fundamental para manter a lubrificação das peças internas do motor, reduzindo o atrito entre elas e ajudando a evitar o desgaste prematuro. 

É importante escolher o tipo de óleo correto para o seu veículo. Cada carro tem uma especificação recomendada pelo fabricante, que está no manual do proprietário, e seguir essa orientação é parte essencial para garantir o bom funcionamento do motor. 

A qualidade do serviço de troca de óleo também é muito importante. Ter certeza de que todo o óleo antigo foi retirado e que o nível do novo está adequado são detalhes que fazem a diferença. 

Um ponto não menos importante é que a troca do óleo tem que vir acompanhada da substituição do filtro de óleo. Ele tem o papel de reter impurezas e garantir que somente óleo limpo circule pelo motor.

Como é feita a troca de óleo do motor do carro?

O mecânico vai retirar o óleo velho do cárter do motor, que fica na parte de baixo. Isso é feito removendo o bujão, uma espécie de parafuso que quando retirado, permite que o óleo escorra. 

Trocar óleo envolve substituir o filtro de óleo. Essa troca é essencial no processo porque o filtro ajuda a manter o óleo livre de impurezas e sujeiras que podem prejudicar o motor. Ao trocar o filtro, você garante que o óleo novo circule de forma limpa e eficiente. A

Após a troca do óleo velho por um novo, é feita a vedação do cárter com a reposição do bujão e o preenchimento do motor com o lubrificante selecionado.

Aqui, é preciso conferir a especificação correta do óleo para o seu veículo, o que está indicado no manual do proprietário, para assegurar uma lubrificação adequada e o bom funcionamento do motor. 

Quando ela deve ser feita?

A recomendação mais comum é fazer a substituição a cada 10 mil quilômetros rodados ou a cada 6 meses. Mas, é importante sempre conferir o manual do seu veículo, pois cada modelo tem suas especificações.

O fabricante pode recomendar uma quilometragem ou período distintos, pois cada veículo tem um sistema que pode exigir uma manutenção mais frequente ou não, baseada no uso e nas condições do óleo do motor.

É claro que se você for uma pessoa que pega mais estrada ou usa o veículo sob condições mais severas, como tráfego pesado ou cargas elevadas, a necessidade de trocar óleo pode ser maior. 

Qual o valor da troca de óleo e filtro?

Quanto custa trocar o óleo do carro – Fonte: Freepik

Quando falamos em quanto custa para trocar o óleo do carro juntamente com o filtro de óleo, os preços podem variar bastante. De modo geral, os valores no mercado ficam entre R$ 100 e R$ 500 reais. 

Essa variação acontece devido a fatores como o tipo de óleo usado, o modelo do veículo e o local onde a troca de óleo do carro é realizada, seja em uma oficina mecânica renomada ou em um posto de combustível.

Conheça os tipos de óleo de motor

Entender as opções de óleo para o seu veículo é tão importante quanto saber a hora de trocar o óleo. Cada tipo possui características próprias e é indicado para diferentes necessidades específicas, veja:

  • Óleo Mineral: considerado o mais básico e mais barato, o óleo mineral é derivado do petróleo e é recomendado para carros mais antigos ou que não exigem um óleo com especificações mais avançadas. Por ser menos resistente a variações de temperatura, sua troca precisa ser mais frequente;
  • Óleo Sintético: é desenvolvido em laboratório e oferece maior proteção e performance, especialmente em temperaturas mais elevadas. É ideal para motores modernos ou veículos que são submetidos a condições severas de uso. Apesar de ter um custo médio mais elevado, o óleo sintético pode oferecer uma lubrificação mais eficaz e um intervalo maior entre as trocas;
  • Óleo Semissintético: é uma mistura de óleo mineral com sintético, sendo uma boa opção para a maioria dos carros que rodam na cidade e na estrada sem exigências extremas.

Lembre-se sempre de conferir a especificação recomendada pelo fabricante do veículo no manual do proprietário. A utilização do tipo de óleo correto é fundamental para o funcionamento correto do motor e para evitar o desgaste das peças internas. 

Onde trocar o óleo do motor?

Escolher onde fazer a troca de óleo do carro é uma etapa que merece atenção. Você pode optar por concessionárias, que geralmente têm um preço um pouco mais alto, mas oferecem a garantia de produtos e serviços seguindo as especificações do fabricante do veículo. 

Se você procura economizar, postos de combustível e oficinas mecânicas podem ser opções mais em conta, mas é importante que você procure bem antes de levar o seu veículo, principalmente para garantir que o trabalho seja feito com eficiência.

A qualidade do serviço de troca de óleo influencia diretamente na lubrificação e no funcionamento correto do motor do seu carro. Busque saber se o preço inclui tanto o óleo e filtro quanto a mão de obra e se existem serviços adicionais inclusos. 

O que acontece se não trocar o óleo do motor?

Ignorar a troca de óleo do seu carro pode trazer muita dor de cabeça. Quando o óleo do motor fica muito tempo sem ser substituído, ele perde a capacidade de lubrificação, resultando em atrito excessivo e pode levar a danos sérios, que seriam evitados com manutenções regulares.

Não realizar a troca de óleo e deixar de trocar o filtro de óleo pode resultar na necessidade de retífica do motor. Reparos desse tipo podem custar a partir de R$ 2.500, e dependendo do modelo do veículo, pode ser ainda mais caro. 

Outro ponto é que andar com o óleo velho aumenta o risco de superaquecimento e pode até causar falhas durante o funcionamento do motor. Portanto, fique atento às recomendações e realize a troca conforme necessário.

Conclusão

A sua atenção e cuidado com a manutenção do seu carro têm um impacto positivo não só no funcionamento correto do motor, mas também na sua segurança e no seu bolso. Conferir sempre o manual do proprietário e seguir as recomendações é um dos passos mais importantes que você deve seguir.

Se atente ao momento certo de fazer a troca de óleo, aos diferentes tipos de óleo disponíveis no mercado e à relevância de realizar esse serviço com bons profissionais. Não esqueça que manter a troca do óleo dentro do período recomendado preserva as condições ideais de lubrificação e previne uma série de problemas.

Esperamos que as dicas tenham sido úteis para você e que elas te ajudem a entender o momento certo de fazer a troca de óleo, os diferentes tipos de óleo disponíveis no mercado e a importância de realizar esse serviço com bons profissionais.

Avatar photo
Marcos Paulo

Redator sênior no Local Carros, minha missão é criar textos que impactam e ajudam nossos leitores!