Carregando...

Como saber se o carro tem sinistro? confira nosso guia!

Antes de tomar a decisão de adquirir um veículo de segunda mão, é fundamental colocar a verificação de um possível histórico de sinistro como uma das prioridades. Compreender a relevância dessa informação pode evitar contratempos desagradáveis mais adiante. A última coisa que alguém deseja é realizar a compra de um carro, apenas para ser surpreendido posteriormente com uma série de defeitos que não foram inicialmente revelados.

Um sinistro é o registro de que o carro já passou por algum tipo de dano significativo, que pode ser desde um arranhão mais sério até algo que comprometeu a estrutura do veículo. Esses acontecimentos ficam marcados no histórico do veículo e pode afetar tanto o valor para revenda quanto a segurança de quem está ao volante.

Mesmo que esteja todo arrumadinho por fora, o registro de sinistro continua lá, escondido no histórico, podendo trazer dores de cabeça que você não estava esperando. Por isso, continuei a leitura que te mostraremos fica aqui e eu te mostro como fazer essa checagem!

O que é um carro sinistrado?

Como você viu anteriormente, um veículo sinistrado é aquele que já sofreu algum tipo de dano, sejam batidas fortes, ou mesmo problemas como furto ou incêndio que acabam registrados pela seguradora. 

Quando falamos em sinistro de pequena monta, quer dizer que houve um prejuízo menor e o conserto é totalmente viável, sem afetar de maneira significativa a estrutura do carro. Já um sinistro de média monta indica problemas mais graves, mas que ainda permitem que o veículo volte a circular se bem consertado. 

Por fim, o sinistro de grande monta é usado quando o veículo sofre danos tão sérios que é considerado perda total pela seguradora. Porém, até um carro que sofreu perda total pode ser recuperado e revendido, desde que os reparos garantam segurança e conformidade com as leis de trânsito.

O importante aqui é você saber que um veículo nessa situação pode ter seu valor de mercado alterado. É essencial estar ciente dessas informações, pois elas te ajudam a tomar uma decisão mais acertada ao negociar um veículo usado.

Como consultar o sinistro do veículo

Felizmente, a consulta é um procedimento simples que você pode fazer pela internet. Vamos te mostrar o passo a passo para que você possa fazer essa checagem de maneira rápida e prática. 

Primeiramente, é bom ter em mãos alguns dados do carro, como a placa e, de preferência, o número do chassi ou o Renavam. Com essas informações, você pode acessar o site do Detran do seu estado ou outras plataformas online que oferecem esse tipo de serviço. 

Outros documentos que o histórico de sinistro pode constar no Certificado de Registro do Veículo (CRV) ou no Certificado de Segurança do Veículo (CSV), que o vendedor do carro deve disponibilizar para consulta.

Aqui vai a lista de passos para você:

  • Acesse o site do Detran do seu estado ou plataformas de consulta veicular;
  • Insira a placa do veículo no campo indicado; se necessário, adicione o número do chassi ou Renavam;
  • Verifique se a informação de sinistro aparece nos resultados da busca.

Lembre-se que a consulta de sinistro pela placa costuma ser o ponto de partida para muitos compradores e vendedores na hora de negociar um veículo usado.

Vistoria cautelar: o que é e como pode ajudar

Pensa na vistoria como um exame detalhado do carro, onde um especialista verifica do motor ao porta-malas para identificar se o veículo já sofreu algum sinistro. Este processo é uma etapa importante, principalmente se você está considerando comprar um carro usado.

É um investimento, com um custo a partir de R$150, que pode te economizar uma boa dor de cabeça no futuro. Durante a inspeção, são avaliados diversos aspectos, como:

  • Identificação do veículo: verificação de chassi, motor e placas;
  • Pintura e estrutura: para descobrir sinais de acidentes ou reparos;
  • Histórico do veículo: checagem de possíveis sinistros anteriores, restrições e autenticidade dos documentos;
  • Funcionamento mecânico e elétrico: para garantir que nenhum problema escondido seja uma surpresa mais tarde.

Ao identificar reparos, você pode pesar melhor os prós e contras da compra desse veículo, e claro, fica mais fácil negociar o preço ou simplesmente procurar outra opção.

Vale a pena comprar um carro sinistrado?

Um veículo sinistrado pode chegar a custar entre 30% e 40% menos do que um sem registro de sinistro, mas é essencial lembrar que o valor de revenda também será menor. Então, se você não pretende ficar muito tempo com o carro, isso pode não ser uma preocupação.

No entanto, há desafios a considerar, problemas escondidos podem surgir mais tarde, gerando gastos inesperados. Outro aspecto é a dificuldade em conseguir seguro para esses veículos, já que muitas seguradoras são reticentes em aceitá-los, ou então oferecem apólices com valores mais altos.

A documentação do veículo que sofreu um sinistro pode exigir mais atenção, pois certas vezes, dependendo do tipo de sinistro, o carro pode necessitar passar por uma nova inspeção para poder voltar a circular, o que demanda tempo e dinheiro. 

Como proteger seu investimento ao comprar um carro usado

Consulta de histórico veicular completo

Além da vistoria cautelar, é recomendável que você peça um relatório completo do histórico do carro, um documento que vai mostrar tudo o que aconteceu com o veículo. Esse cuidado pode evitar que você adquira um automóvel com um passado problemático.

Proteção veicular

Agora, se você está olhando para um carro que possui sinistro e mesmo assim lhe interessa, considere a proteção veicular. É uma alternativa ao seguro automotivo tradicional e pode ser mais acessível ou flexível para veículos sinistrados. 

Conclusão

Fica claro que saber se o carro tem sinistro pode te salvar de muita dor de cabeça e dinheiro perdido. Lembre-se sempre de que um veículo com histórico de sinistros requer uma atenção redobrada.

Em alguns casos, pode valer a pena até mesmo consultar um profissional da área para garantir que você está fazendo um bom negócio, afinal, se você está disposto a comprar um carro sinistrado ou quer ter certeza de que é confiável, entender as suas condições é fundamental. 

Seja cuidadoso e tome decisões informadas – isso vai te garantir mais segurança ao negociar um veículo. Boa sorte na sua busca e que você encontre o melhor carro para as suas necessidades!

Avatar photo
Marcos Paulo

Redator sênior no Local Carros, minha missão é criar textos que impactam e ajudam nossos leitores!