Carregando...

Como comprar um carro usado?

A aquisição de um veículo usado representa uma escolha astuta e vantajosa em termos financeiros para diversos consumidores, uma vez que selecionar um modelo preexistente facilita o acesso a preços reduzidos, garantindo assim, um excelente custo-benefício.

No entanto, ao escolher um carro usado, é importante verificar a condição geral do veículo, uma inspeção detalhada por um mecânico de confiança pode ajudar a identificar problemas ocultos que poderiam resultar em custos elevados posteriormente.

O mercado de carros usados gigantesco. Continue o texto e fique por dentro de mais informações que podem te ajudar na hora de escolher um carro usado e dicar livre de problemas.

Defina seu orçamento

Como comprar um carro usado - Fonte: Freepik
Como comprar um carro usado – Fonte: Freepik

Antes de começar a busca, é importante ter em mente o quanto você pode gastar. Definir o teto financeiro para a compra do veículo vai te ajudar a focar nas opções que cabem no seu bolso e evitar dívidas futuras. Lembre-se de considerar todos os custos envolvidos, não só o valor do carro.

Quando o assunto é pagar, você tem duas opções: à vista ou financiado. Comprar à vista pode ser vantajoso, mas nem sempre é possível. Se você optar por financiar, tente dar uma entrada maior do que os 30% recomendados. Essa atitude pode te ajudar a reduzir os juros e, o valor que você pagará no final será menor.

Mas, na hora de escolher o financiamento, é importante ficar atento às taxas e prazos oferecidos pelo vendedor. Vale a pena conferir diferentes opções de crédito e colocar tudo na ponta do lápis, até porque, o objetivo é encontrar uma solução que se encaixe bem no seu orçamento, evitando preocupações futuras com a compra do veículo.

Pesquise vários carros usados à venda

Antes de tomar a decisão sobre qual carro comprar, é importante pesquisar bem tanto os modelos, quanto o local onde a compra será realizada. Essa busca é importante para garantir que você faça um investimento inteligente e evite possíveis dores de cabeça no futuro. 

Conheça os modelos que mais chamam a sua atenção, principalmente, custos de manutenção, consumo de combustível e desempenho geral. Quanto ao local, busque avaliações sobre atendimento pós-compra, garantia, etc.

Fique de olho no histórico de manutenção dos carros e confira sempre a tabela FIPE para saber se o preço está de acordo com o mercado. 

Confira algumas plataformas e recursos para ajudar na sua pesquisa:

  • Portais exclusivos de veículos: sites como OLX, Webmotors e iCarros possuem filtros para você ajustar a sua busca de acordo com suas preferências de marca, modelo, ano e faixa de preço;
  • Redes sociais e grupos de compra e venda: grupos no Facebook ou até mesmo perfis no Instagram podem ser fontes interessantes para encontrar anúncios de carro usado;
  • Aplicativos especializados: aplicativos como o Meu Carro Novo ajudam a conectar compradores e vendedores de veículos seminovos e usados e podem oferecer uma boa governança e segurança nas transações;
  • Consulta de valores de referência: Ppra ter certeza que o preço pedido pelo vendedor está justo, utilize a tabela FIPE e compare com os valores praticados no mercado.

Ao usar essas ferramentas, a sua busca se torna bem mais prática. Avaliar diversas opções te dá uma visão mais completa sobre o que esperar em termos de preço, qualidade e condições do veículo que você pretende comprar. 

Desconfie ofertas baratas demais

Se você encontrar um carro usado com preço muito abaixo do mercado, fique alerta! Isso pode ser um sinal de que há algo errado com o veículo ou até mesmo um indicativo de fraude. Antes de seguir em frente com uma oferta tentadora, procure saber o motivo daquele preço. 

Um carro com problemas mecânicos, multas pendentes ou histórico de acidentes pode ser oferecido por um valor menor, então investigar é fundamental. Na hora de conferir o carro e o vendedor, seja cauteloso. Evite fazer pagamentos antecipados antes de ver o veículo pessoalmente e prefira sempre locais públicos para encontros.

Se o vendedor se recusar a lhe mostrar o carro e quiser que você deposite algum valor primeiro, desconfie. É seu direito conferir e testar o carro antes de qualquer transação financeira.

Conheça o carro pretendido pessoalmente (e faça um test drive)

Conferir o carro pessoalmente e conduzir um test drive são etapas importantes antes de fechar a compra. Ao ver o veículo, avalie de perto a parte interna e externa, verificando se a conservação está de acordo com o que você procura. 

Fique de olho na quilometragem do veículo, pois ela pode indicar o quanto o carro já rodou e possíveis desgastes. Durante o test drive, presta atenção em como o carro responde ao dirigir. Sinais como ruídos estranhos, dificuldade de arrancada, ou comportamento incomum podem ser sinais de problemas com a suspensão, ou transmissão. 

Confira como estão os freios, a estabilidade, e a reação do carro em diferentes situações de tráfego. Quando estiver tratando diretamente com um vendedor particular, escolha um lugar seguro para conhecer o carro, o que pode ser um estacionamento de um shopping ou uma praça conhecida. 

Sempre é válido ir acompanhado de alguém que possa te ajudar a avaliar o veículo, preferencialmente, um mecânico de sua confiança. Confira toda a documentação do veículo para garantir que está tudo em ordem antes de prosseguir com a compra. 

Certifique-se com vistoria ou com mecânico de confiança

Como comprar um carro usado - Fonte: Freepik
Como comprar um carro usado – Fonte: Freepik

Antes de fechar o negócio, é fundamental garantir que o carro usado não vai te trazer dores de cabeça. Uma dica é solicitar uma vistoria completa, que vai te informar sobre a situação legal e o estado geral do veículo. Documentos como histórico de sinistros, multas ou problemas legais podem transformar o sonho do carro próprio em um grande problema se não forem conferidos.

Ir acompanhado de um mecânico de confiança pode te dar a segurança de que está fazendo um bom investimento. O mecânico pode verificar o estado do motor, suspensão, transmissão e outros itens que podem não ser tão óbvios para você na hora da compra.

Se possível, peça para ver o carro elevado para uma avaliação mais detalhada, assim você terá mais visibilidade de possíveis problemas. Com esses cuidados, você assegura que está comprando um carro em boas condições. 

Lembre-se de que existirão custos depois da compra

Ao planejar comprar um carro usado, é super importante considerar não só o preço de compra, mas também os gastos que vão aparecer depois. Seguro, IPVA, manutenção e combustível são custos que vão acompanhar você e seu novo carro e essas despesas podem mudar bastante o quanto você gasta todo mês.

Conferir bem esses valores ajuda a entender melhor se o carro escolhido será realmente um bom negócio para você no dia a dia, incluindo o custo para manter o funcionamento do veículo e garantir que ele esteja em dia com as obrigações legais. 

Conheça seus direitos (e faça-os valer, se necessário)

Entender a garantia e como ela se aplica na compra de veículos usados é essencial. Segundo o Código de Defesa do Consumidor, todo produto, incluindo carros, possui garantia contra defeitos ocultos, que são aqueles não perceptíveis no momento da compra.

Se você identificar problemas no veículo após a compra, como falhas mecânicas sérias ou vícios que não foram informados pelo vendedor, tem o direito de reclamar. O prazo para reclamação de vícios aparentes é de 30 dias para produtos usados.

Se algo não estiver certo, procure o vendedor para tentar resolver a questão amigavelmente. Mas se isso não resolver, busque ajuda nos órgãos de proteção ao consumidor. Documente tudo, desde conversas e anúncios do carro, até o contrato de compra e venda e qualquer garantia oferecida. Isso vai ser muito útil caso você precise fazer valer seus direitos. 

Conclusão

A compra de um veículo usado envolve várias considerações que, se bem gerenciadas, podem transformar uma possível fonte de estresse em uma decisão sábia e satisfatória.

Definir um orçamento realista, pesquisar sobre modelos e locais de venda e realizar inspeções além de test drive é fundamental para garantir que você faça a melhor escolha possível.

Lembre-se de ficar atento as taxas de financiamento e desconfiar de ofertas que pareçam “boas demais”. Esperamos que essas dicas tenham ajudado a esclarecer os principais aspectos da compra de um carro usado e que você se sinta mais confiante no momento da compra.

Avatar photo
Marcos Paulo

Redator sênior no Local Carros, minha missão é criar textos que impactam e ajudam nossos leitores!